sábado, 14 de julho de 2012



Oi, pessoal! 

Retornaremos em agosto com mais novidades, ok?



Um abraço,
Coordenadora Cristina Sanches.

quarta-feira, 11 de julho de 2012


A Importância do Conselho de Classe


O Conselho de Classe é importante para uma análise do ensino e da aprendizagem, pois propicia:
 uma avaliação qualitativa;
 a riqueza da diversidade de análise –olhares de diversos professores;
 análise de diferentes tipos de registros do acompanhamento da aprendizagem dos alunos;
 a discussão das dificuldades de aprendizagem;
 planejamento das intervenções para superar as dificuldades;
 A socialização do que está dando certo.
O principal objetivo do conselho é avaliar o aluno de forma integral, por meio de diferentes olhares.
O conselho de classe não pode ser um momento isolado do processo da escola, nem ser o único espaço de discussão coletiva. É momento de síntese que precisa ser coerente com a proposta pedagógica que está sendo desenvolvida. Por isso, deve ter como foco a escola como um todo.
Nessa discussão coletiva registra-se  a análise do processo de aprendizagem do aluno, como ponto de partida para retomadas, e as intervenções que se fizerem necessárias.


Ref: http://srea-dupla-pedagogica.blogspot.com.br

 

Conselho das salas 5 e 6 ( EPC/ Em Processo de Certificação ) realizado no dia 9 de julho de 2012: 





O vídeo abaixo foi exibido e amplamente discutido com os alunos. Retrata uma sociedade "hipotética" que merece ser profundamente analisada. Esta sendo divulgado nas redes sociais (encontra-se disponível no YOU TUBE) sendo portanto de domínio público. Vale a pena conferir!



video





PROJETO  “FAZENDO EJA , FAZENDO CULTURA”


 
"Leia! Leia não apenas as palavras, imagens e símbolos estampadas nas mais diversas mídias. Leia o mundo nas suas mais diversas formas e significados, leia as entrelinhas. Leia o tangível, o audível, o visível e quem sabe até o invisível. Leia o mundo e faça as mais diversas interrogações, afinal como diria nosso educador Paulo Freire "a leitura do mundo antecede a leitura da palavra". Nós estamos no mundo e uma parte dele está em nós através de nossas leituras."
Herik Zednik

JUSTIFICATIVA:



    O aluno , como sujeito ativo de sua aprendizagem, realiza constantes e singulares (re)construções do conhecimento, dentro de um ritmo e jeito próprios. E é através dessa ação e interação com o meio, cujas implicações geram conflitos internos que culminam em aprendizados, que o aluno aperfeiçoa suas capacidades de autonomia e criticidade, tornando-se cada vez mais consciente do seu papel na sociedade.

     Essa relação do sujeito com o meio, além de gerar aprendizado, decorre em   implicações  que  acarretam  um  enfrentamento construtivo  do educando com a realidade na qual está inserido , visto que essas implicações  estão  permeadas de subjetividades, memórias, tempos e espaços, ou seja , de vivências.

     Tanto  o teatro, o cinema , o circo, entre outras manifestações  artísticas, fazem parte da cultura, das vivências do aluno.  Sendo assim, contribuem   para um significativo  processo de ensino e aprendizagem. Torna-se recorrente, portanto,  a importância de sua divulgação, pesquisa e prática  dentro do ambiente escolar. Uma vez que estimula a criatividade, a interdisciplinaridade, o trabalho coletivo e colabora para a formação integral do educando, desenvolvendo aspectos sociais, afetivos, estéticos, éticos e cognitivos, a cultura   reflete e relaciona ao mesmo tempo questões que envolvem o  cotidiano  do educando com a realidade social mais ampla, gerando um sentimento de  identificação.


OBJETIVOS :

.Transformar informações em conhecimento significativo, desenvolvendo com os alunos processos em que sejam valorizados o respeito, a participação, a criatividade, a amizade, a disciplina, a dignidade, a sensibilidade, a iniciativa, a pesquisa, o questionamento, a experimentação e as descobertas.
.Valorizar a cultura  além de  afirmar a sua  importância no processo de ensino e aprendizagem     ( através  de apresentações , dinâmicas, discussões, oficinas e excursões ).
.Proporcionar o contato direto e interativo entre sujeitos  ,  enriquecendo  momentos de descontração   através da experimentação e reflexão dos temas abordados nas atividades.
.Trabalhar para que  , além da compreensão dos conteúdos formais, o aluno tenha prazer em aprender e seja curioso, interessado, criativo, autônomo e crítico  ao ajudar na construção e efetivação das práticas de oralidade, leitura oral e escrita proporcionando assim, um aprendizado mais significativo.
. Promover a interdisciplinaridade entre os conteúdos, favorecendo a  compreensão,  investigação e o aprofundamento do saber, atribuindo significados às situações propostas, relacionando-as às suas vivências cotidianas e suas demandas.

DESENVOLVIMENTO:

.Oficinas com   atividades  que envolvam a cultura  (  teatro, cinema, artesanato, dança, pintura,  música,   , dramatização,   entre  outras ) e que abordem temas relevantes , tais como : Nossas raízes africanas, Descobrimento do Brasil, Folclore, Sexualidade, Cidadania,  Educação ,Qualidade de vida, Diversidade , Inclusão, Valores Humanos,  entre outros.

.Excursões ao teatro , museu, cinemas ,  shows , cidades históricas, parques, eventos literários , entre outros,   cujos temas a serem abordados  contribuam para o aprimoramento do aprendizado.

. Eventos culturais envolvendo educandos  e educadores ( Feira de Cultura, Confraternizações, Auditórios , Palestras , filmes ,  Conselhos de Classe, Formatura,etc).

.Confecção de murais sobre os temas trabalhados .


MATERIALIDADE :

. Locação de ônibus ( para o deslocamento da escola ao evento ) ,
. Máquina fotográfica,
. Data-show,
. Som, microfone.
. Materiais diversos : Papéis  ( craft, colorset, ofício, fantasia, cartolina, laminado, camurça, crepom, entre outros), lápis de cor, cola, tesoura, fitas adesivas, purpurina, entre outros.

Atenção : A MATERIALIDADE IRÁ VARIAR DE ACORDO COM O EVENTO REALIZADO.  


AVALIAÇÃO :

       Consideramos que a oportunidade de incentivar e valorizar a cultura , em sua mais variadas manifestações, tais como teatro,  cinema ,  shows, oficinas , confraternizações, entre outras,  com o público da  EJA, além de aguçar a criatividade, o interesse e o espírito crítico dos envolvidos, pode trazer bons resultados aos discentes em relação à leitura,  expressão oral,  entrosamento  e apreensão dos conteúdos abordados nas atividades desenvolvidas. Sendo assim, a   avaliação deverá ocorrer de maneira  processual , permeando todo o processo de aprendizado.

CONCLUSÃO :


      É necessário reconhecer e valorizar o papel da escola pública na promoção social dos indivíduos. Acreditamos que através desse projeto estamos estreitando as relações entre a escola, comunidade, alunos e professores, uma vez que a cultura constitui um canal de expressão e ao mesmo tempo um instrumento de reflexão e interação social, proporcionando aos indivíduos o acesso à arte, à fluência de ideias e experiências que vêm contribuir para a promoção e exercício da cidadania.

   O PROJETO   “FAZENDO EJA, FAZENDO CULTURA”  visa, portanto,  uma melhoria da  qualidade pedagógica no espaço escolar com enfoque no conhecimento e na formação humana e cultural, pois  contempla as possibilidades e necessidades dos envolvidos organizando-se em quatro grandes eixos:
  • Aprender a  saber;
  • Aprender a fazer;
  • Aprender a ser;
  • Aprender a conviver.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS :


.Parâmetros Curriculares Nacionais


Veja algumas  fotos da excursão ao teatro KLEBER JUNQUEIRA :

Obs: A excursão foi realizada no dia 5 de julho sendo o  grupo composto por  40 alunos e 5 professores. O tema da peça foi o DESCOBRIMENTO DO BRASIL.



Momentos do espetáculo...


Aguardando na entrada...







Expectativa dentro do teatro...



Momento da "tietagem"...




VALEU TURMA DA EJA !!!


Até a próxima!


Com carinho, 

COORDENADORA CRISTINA SANCHES.

terça-feira, 10 de julho de 2012



A Lógica de Einstein
 

Conta certa lenda, que estavam duas crianças patinando num lago congelado. Era uma tarde nublada e fria, e as crianças brincavam despreocupadas. De repente, o gelo quebrou e uma delas caiu, ficando presa na fenda que se formou. A outra, vendo seu amiguinho preso e se congelando, tirou um dos patins e começou a golpear o gelo com todas as suas forças, conseguindo por fim, quebrá-lo e libertar o amigo.
Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis!
Nesse instante, um ancião que passava pelo local, comentou:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos perguntaram:
- Pode nos dizer como?
- É simples: - respondeu o velho - Não havia ninguém ao seu redor para lhe dizer que não seria capaz.

(  Fonte= Google )


Obs: O texto acima foi discutido na Reunião Pedagógica da EJA .


Boa reflexão!


Com carinho, 
Coordenadora Cristina Sanches. 




domingo, 8 de julho de 2012


CURIOSIDADE...

Vocês sabiam disso? 


Em muitos idiomas europeus, a palavra NOITE é formada pela letra N + o número -8- na respectiva língua. 
A letra N é o símbolo matemático de infinito e o 8 deitado também 
simboliza infinito, ou seja, noite significa,em todas as línguas


a união do infinito!!!

Português: noite = n + oito
Inglês: night = n + eight
Alemão: nacht = n + acht
Espanhol: noche = n + ocho
Francês: nuit = n + huit
Italiano: notte = n + otto



Interessante, não?

Obs: A curiosidade foi enviada por uma seguidora do nosso blog... Valeu!